Skip to content
Blog
16 Out 2020   Atualizado em 26 Maio 2021

Codificação em pesquisa qualitativa: Guia passo-a-passo

Topics
Transcrição automática

Você é um pesquisador fazendo pesquisa qualitativa e precisa usar codificação para análise de conteúdo?

Por sorte, é mais fácil do que parece. Caso você associe “codificação” com HTML5 ou outras ferramentas de programação, fique tranquilo! Codificação para pesquisa qualitativa é um processo bem prático e que pode ser completado em 10 minutos, tanto a parte teórica quanto a prática.

Comece a contagem regressiva e vamos começar a fazer codificação de entrevistas

Vamos começar avaliando o que significa codificação de entrevista em pesquisa qualitativa, como é utilizada e quais são os tipos de codificação existentes. Começamos do básico: um código pode ser qualquer classificação (números, figuras, símbolos, palavras e frases) que você atribui a uma parte do seu texto para representar um certo tópico. Em geral, um código deve ser específico e resumir uma ideia por trás de um certo tema. Vamos dar um exemplo simples: imagine que você está analisando um artigo sobre as diferentes visões da cultura americana. Apesar desse ser um tema extenso e com diferentes ângulos, vamos usar as seguintes definições nesse exemplo: “Cultura americana” e “Sonho americano”.

Exemplo: A cultura americana foi amplamente construída sobre o ideal do “sonho americano”. Esse conceito apresenta uma expectativa de ascensão social onde todos são capazes de alcançar o sucesso através do trabalho duro.

Codificar os seus dados ajuda a indetificar os pontos de interesse nos documentos analisados na sua pesquisa. Adicionalmente, codificar entrevistas facilita organizar pedaços grandes de informação para serem compartilhadas.

Tipos de código. Método indutivo e dedutivo.

Existem duas abordagens para codificação de dados qualitativos: indutivo e dedutivo. Você provavelmente está familiarizado com esses termos, mas vamos revisar rapidamente. Caso você já tenha um grupo de ideas e hipóteses para iniciar a sua pesquisa, você pode criar categorias preliminares de códigos e procurar por eles nos dados das suas entrevistas. Nesse exemplo, você está testando uma teoria e portanto usando um método de codificação dedutivo.

Por outro lado, caso você inicie a sua pesquisa sem essas hipóteses construídas e pretenda identificar temas recorrentes para criar a sua teoria, você estará usando o método de codificação indutivo.

Como aplicar a codificação com o uso de um software?

Antes de prosseguirmos, existe um ponto importante a ser feito. Você não precisa usar um software para codificação. Todos os passos mencionados abaixo podem ser executados com papel e caneta caso você prefira. O software torna o processo mais eficiente mas não é essencial.

Hora de mostrar as instruções passo-a-passo sobre como usar codificação em pesuisa qualitativa. Nesse exemplo, usaremos o pacote do software chamado QDA Miner Lite (disponível para download gratuito).

Esses passos são bem similares em outras ferramentas como essa. Caso queira buscar outros software para analise de conteúdo qualitativo, recomendamos esse post sobre ferramentas de codificação.

Primeiramente, abra QDA Miner, crie um novo projeto e selecione o arquivo em que você pretende trabalhar.

No nosso caso, vamos usar como modelo a transcrição de uma entrevista de emprego. Nesse exemplo, escolhemos uma categoria mais ampla chamada “Biografia do candidato”. Mais tarde, adicionaremos categorias mais específicas como “motivação pessoal”, “qualificação” e “perseverança”.

Dependendo do método de pesquisa, você pode fazer a busca por texto que corresponda aos seus códigos ou pode desenvolver códigos baseados nos padrões e correlações identificados no texto.

  • – Vá para Code → adicionar → escolha um nome para o código e uma categoria (“under”)
  • Você pode destacar seus códigos usando cores diferentes.

Quando terminar, seu arquivo deve parecer com o da foto.

Muito bem! Você completou a codificação de todos os tópicos que deseja cobrir na sua pesquisa – hora da análise de conteúdo! Comece a buscar padrões, consistências, repetições e inconsistências para tirar as primeiras conclusões.

Dicas adicionais: o que mais posso usar na análise de conteúdo?

1) Você pode buscar palavras e frases específicas e atribuir um código a elas. 

  • Vá para “Recuperação” → “Recuperação de texto” → Digite uma palavra ou frase em “Busca por texto”
  • Certifique-se de que a unidade de busca está em “frase”

2) Você também pode fazer o processo contrário e buscar palavras e frases que tenham um determinado código

  • Vá em “Recuperação” → “Recuperação de código” → Escolha o código desejado
  • Faça a busca
  • Você também pode experimentar fazer buscas condicionais mas vamos focar nas funções básicas

3) Você pode analisar como um específico código foi empregado

  • Vá para “Análise” → “Frequência do código” → Selecione os códigos

O QDA Miner mostrará uma tabela simples com o número de vezes e a % dos casos indicando o uso do código.

E agora?

Se você leu até aqui, espero que tenha aprendido bastante sobre codificação de entrevistas. Se esse tema te interessa e caso queira se aprofundar, recomendamos o livro ” O manual de codificação para pesquisa qualitativa”

Caso você ainda não tenha a transcrição da sua entrevista, crie automaticamente e em poucos minutos com a Amberscript.

Nossos serviços permitem criar textos e legendas a partir de áudio ou vídeo.

* Carregue um arquivo de áudio ou vídeo
* Conversão automática ou manual para texto
* Edite e exporte texto ou legendas